Pesquisar:

Notícia publicada em: 29/10/2020 às: 13:33:18
Por: comunicação FATEB
Apesar do desemprego em alta, sobram vagas em tecnologia no Brasil

Na contramão do desemprego que tem batido recorde no Brasil, o setor de tecnologia apresenta alta nas ofertas de empregos, mas não tem mão de obra qualificada  para a ocupação. É o que indica um levantamento feito pela Gama Academy, uma startup paulistana de desenvolvimento profissional.

 

De acordo com a pesquisa, são diversos setores da tecnologia que apresentam ofertas de trabalho sem que hajam profissionais preparados para atuar. Só na área de programação existem mais de 15 mil vagas abertas. Para esse setor, as empresas costumam solicitar domínio de linguagens front-end e back-end. 

 

 

Além dela, há mais 6 mil oportunidades abertas para design e outras 4 mil vagas em marketing. Nesses caso, a principal dificuldade das organizações é em encontrar profissionais que preencham os requisitos comportamentais ou que tenham o inglês fluente.

 

 

O levantamento mapeou 55 empresas em todo o país e elencou as habilidades mais procuradas, além do perfil técnico. Em sua maioria, as áreas procuram por candidatos que consigam resolver problemas e trabalhar em grupo. Outro soft skill indicado é a proatividade.

 

 

O portal Ineed também montou um ranking com as vagas que as empresas mais têm dificuldade em encontrar profissionais. São elas: engenheiro de software, desenvolvedor java, desenvolvedor de aplicativos, consultor SAP e webmaster.

 

A pandemia do novo coronavírus aumentou a procura por candidatos que se encaixem no perfil dos cargos citados, pois, pelo fato das pessoas passarem a usar mais a internet, os processos digitais se aceleraram.

 

Fonte: Olhar Digital