Pesquisar:

Notícia publicada em: 12/02/2014 às: 12:21:56
Por: Fateb
Relato da Profª Mariane Della Coletta Savioli Garzotti da FATEB sobre a apresentação de trabalho realizado no XXI Colóquio Afirse em Lisboa, Portugal.

Nos dias 30, 31 de janeiro e 01 de fevereiro a professora Mariane Della Coletta Savioli Garzotti de Araujo participou do XXI Colóquio Afirse promovido pela Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, em Portugal. O Evento teve como tema: Educação, Economia e Território. Esse colóquio contou com conferências, mesas redondas para debates e também com os Ateliês para apresentação de trabalhos por meio de comunicação oral. Dentre os trabalhos selecionados para serem apresentados, esteve o artigo realizado pela professora Especialista da Faculdade de Ciências e Tecnologia, Fateb, a professora Mariane Della Coletta Savioli Garzotti de Araujo em parceria com as professoras do município de Araçatuba, Elaine Samora Carvalho e França Antunes e Raquel Pozzenato Silazaki. O trabalho apresentado intitulado como “Ações de Formação Continua dos Professores de Atendimento Educacional Especializado: Experiência Compartilhada”, tendo como relato a experiência ocorrida na rede municipal de Araçatuba, em que os professores de Atendimento educacional Especializado recebem semanalmente 6 (seis) horas de Formação Continuada, HTFC, determinada na jornada de trabalho do professor de Educação Especial Inclusiva, na Lei Complementar 204/2009, Estatudo do Magistério Plano de Carreira, Vencimentos e Salários do Magistério Público do Município de Araçatuba. Dessa forma, surgiu a necessidade de buscar parcerias com as universidades públicas a fim de implementar a formação dos professores de Atendimento Educacional Especializado. Em contrapartida, estes professores proporcionaram aos alunos dos cursos de graduação de formação de professores, por meio de oficinas, suas experiências com o atendimento de alunos público alvo da educação especial. A parceria trouxe maior capacitação aos professores especialistas e consequentemente, o resultado, foi uma educação inclusiva de qualidade aos alunos com deficiências.  A apresentação desse trabalho, mostra a qualidade do estudo e esforços dos professores pesquisadores de nossa região.